segunda-feira, 2 de abril de 2018

MUNICÍPIO DE MARAJÁ DO SENA-MA ESTÁ SENDO CASTIGADO PELAS CHUVAS

Enchente em Marajá do Sena Maranhão

Desde a última quinta-feira os moradores de Marajá do Sena, a 368 quilômetros de São Luís, estão sofrendo com  as fortes chuvas,  o que têm causado alagamento  e enormes transtornos a população. A água da chuva  já chegou a 4 metros de altura, um dos níveis mais alto na última década. Toda cidade está alagada e os comércios inundados com prejuízos aos proprietários.   ontem um  novo temporal inundou ruas e casas.  O Corpo de Bombeiros ainda não calculou o número de famílias retiradas de casa e levadas para abrigos na cidade. Em alguns  pontos da cidade, foi possível ver somente o telhado das casas.

De acordo com o chefe do Departamento da Gestão de Riscos da Defesa Civil do Maranhão, capitão Fernandes, também houve rompimento em um trecho da rodovia, mas que já foi recuperado. Em nota assinada pelo prefeito, Lindomar Araújo, diz que não houve vítimas, apenas danos materiais. Informou também que o alagamento foi precedido de, pelo menos, dois dias de chuva torrencial.

De acordo com  o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), Marajá do Sena está em alerta amarelo, juntamente com outras 286 cidades dos estados do Maranhão, Pará e Amapá estão também alerta amarelo. Segundo o coronel  coronel Célio Roberto do Corpo de Bombeiros as 200 famílias atingidas, 120 estariam desabrigadas  e todas as providências estão sendo tomadas pelo Estado, que deve auxiliar as famílias atingidas com o envio de cestas básicas e água potável. Equipes de saúde estão na cidade para combater a proliferação de doenças.

Na cidade de Pedreiras, o nível do rio Mearim já alcançou quase seis metros e meio e a cidade está em alerta. Em Trizidela do Vale, três famílias precisaram ser retiradas de suas casas. Segundo o capitão Fernandes, mais famílias serão retiradas se o nível do rio continuar a subir nos próximos dias. Trizidela do Vale e Pedreiras estão em estado de alerta com o nível do rio subindo.

Já choveu acima da média  na região do sul do Maranhão em Carolina foram 388 milímetros e o Núcleo de Meteorologia da UEMA informou que abril será um mês de chuva forte nas regiões norte e sul do estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário